Skip to content

Quantas estirpes são conhecidas do vírus responsável pela Covid-19?

Apesar de muitos rumores, e até notícias falsas sobre o tema, está apenas confirmada uma estirpe do vírus. O facto de sofrer várias mutações como qualquer vírus, não há evidência de qualquer alteração significativa das suas características.

Como referia a Uk Research Innovation a 10 de junho:

“Houve vários relatos recentes de novas estirpes de SARS-CoV-2 decorrentes de mutação que têm o potencial de aumentar a gravidade da pandemia. No entanto, uma análise mais aprofundada mostrou que essas conclusões eram prematuras e atualmente não há evidências robustas de que qualquer uma das mutações que foram descritas tenham implicações para a disseminação de COVID-19.” 

O ECDC também afirmava em julho:

“Atualmente não há evidências de que qualquer uma das mutações acumuladas desde a introdução do vírus SARS-CoV-2 na população humana tenha qualquer efeito nas características da doença, incluindo a gravidade.”

Após uma atualização a 3 de setembro, afirma:

“Atualmente não há evidências de que as mutações acumuladas desde a introdução do vírus SARS-CoV-2 na população humana tenham causado aumento de gravidade da doença. Em contraste, uma variante com uma deleção de 382 nucleotídeos circulando em Singapura de janeiro a março de 2020 foi associada à redução da gravidade da doença, mas essa variante não foi encontrada em Singapura ou em outro lugar desde então.”

Referências

Boni MF, Lemey P, Jiang X, et al. Evolutionary origins of the SARS-CoV-2 sarbecovirus lineage responsible for the COVID-19 pandemic. bioRxiv. 2020 Mar. DOI: 10.1101/2020.03.30.015008.
MacLean OA, Orton RJ, Singer JB, Robertson DL. No evidence for distinct types in the evolution of SARS-CoV-2. Virus Evolution. 2020 May. DOI: 10.1093/ve/veaa034.
van Dorp L, Richard D, Tan CC, et al. No evidence for increased transmissibility from recurrent mutations in SARS-CoV-2. bioRxiv. 2020 May. DOI: 10.1101/2020.05.21.108506.

Gostou deste artigo? Apoie-nos no Patreon!

Comentários

Sem comentários ainda. Adicione o seu abaixo!


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Inscreva-se na nossa newsletter