Skip to content

Hospitalizações Covid Inglaterra: Maioria com teste positivo apenas após admissão

O número de hospitalizados com Covid pode incluir uma percentagem significativa de doentes internados por outras causas.

O Telegraph reporta (artigo fechado) que, segundo dados recolhidos desde 5ªf passada, menos de metade (44%) dos pacientes hospitalizados com Covid tinham teste positivo no momento do internamento.

Mais de metade dos casos (56%) foram detetados quando fizeram testes Covid, que são realizados em todos os internados no hospital por qualquer motivo.

Desses, 43% ocorreram dentro do prazo de dois dias após o internamento, e 13% nos dias e semanas seguintes. Alguns destes casos poderão ter sido resultado de contágio hospitalar.

Carl Heneghan, diretor do Centro de Medicina Baseada em Evidências da Universidade de Oxford, salienta a importância destes dados e a necessidade da sua divulgação de forma contínua.

Nesse sentido, explica uma das razões:

“Quando as pessoas ouvem as hospitalizações com Covid, vão assumir que a Covid é a causa provável, mas estes dados mostram algo muito diferente – trata-se de a Covid ser detetada depois dos testes a terem procurado.”

Perante estes dados, um porta-voz do NHS (Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido) afirmou: “Muitos pacientes estão internados devido aos seus sintomas e complicações da Covid, que são confirmados com um teste Covid pós-admissão, e para outros podem inicialmente ser pré-sintomáticos ou assintomáticos.”

Estes dados levantam novamente a questão da transparência dos dados Covid, bem como da sua qualidade e clareza.

Em Portugal não são conhecidas as percentagens de “hospitalizações Covid” (enfermaria ou UCI) que correspondem a (1) internados com diagnóstico (ou suspeita) da doença e (2) inicialmente internados por outros motivos.

Também não se conhecem estimativas de contágios ocorridos em ambiente hospitalar.

Gostou deste artigo? Apoie-nos no Patreon!

Comentários

Sem comentários ainda. Adicione o seu abaixo!


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Inscreva-se na nossa newsletter