Skip to content

Tag: crianças

Estudos: Escolas não são maior foco de infeção Covid-19. Crianças transmitem menos

O encerramento de escolas é uma resposta errada para combater a pandemia do coronavírus, e não ajudou na luta contra a Covid-19, simplesmente removeu um sistema que proporciona às crianças

Estudo: Não há correlação entre a abertura das escolas e a taxa de infeção Covid

Não é possível estabelecer uma ligação entre a reabertura das escolas após o confinamento e o aumento do número de infetados Covid-19, de acordo com um estudo da Insights for

Crianças são fortes veículos de propagação do vírus?

As crianças têm um papel muito importante na propagação da covid-19 pelo facto de revelarem uma carga viral superior à dos adultos doentes. A conclusão foi atribuída a um estudo do Hospital Pediátrico e do Hospital Geral de Massachusetts, nos Estados Unidos, amplamente divulgado pela comunicação social em Portugal. Deve este estudo feito junto de 192 crianças ser visto como inquestionável? Reporta informação relevante e inovadora? Serão as crianças assim tão perigosas? O que dizem os números?

Inquérito Pandemia Covid-19: Nível de conhecimento e perceção do risco

No contexto da pandemia global da Covid-19, a GfK Metris/The Blind Spot realizaram um inquérito aos portugueses com o objetivo de aferir o conhecimento e as perceções da população sobre

Covid-19: O risco para as crianças

Até aos 10 anos não há praticamente registos de mortes a nível mundial, e até aos 18 anos os casos são extremamente raros.  No dia 9 de junho, o Centro

Covid-19: Vírus é perigoso para as crianças?

As crianças parecem ter menos risco de contrair a doença  A doença Covid-19 apresenta um risco baixíssimo para crianças O risco de morte ou doença grave é, provavelmente, bastante inferior

Covid-19: As crianças são transmissoras?

A probabilidade de transmissão entre crianças ou entre crianças e adultos é baixa (especialmente em contexto escolar) As crianças parecem apanhar a doença principalmente em casa e pelos pais A
Inscreva-se na nossa newsletter